Os 19 Melhores Filmes de Romance para Assistir na Netflix

Imagem do autor Kelen Vargas
Kelen Vargas
Especialista em tecnologia da Cissa Magazine
30/11/2018 131.713 visualizações comentarios

O gênero romance no universo cinematográfico inclina-se a contar uma história de envolvimento amoroso entre os protagonistas, deste ponto, as vertentes, rumos, propostas e direções que se seguem são as mais diversas entre os títulos. Existe as comédias românticas, um romance trágico, romance em meio a um drama, romance adolescente, romance clichê ou mais profundo e com reflexões, romance baseado em fatos reais, romance para quem tá apaixonado ou na bad.

Blog Smarts Netflix

Enfim, são muitos títulos e sub gêneros,  e para ajudar você a encontrar os melhores filmes de romance, nós vasculhamos a Netflix e selecionamos filmes que estão fazendo sucesso dentre os apaixonados pelo gênero. Separamos histórias de amor para todos os gostos, desde clássicos aos mais atuais, mais realistas ou mais água com açúcar, você quem decide!

Seja para assistir filme romântico em casal, ou sozinho, com a família ou com amigos, não importa, filmes bons são para serem vistos, e os que separamos são indispensáveis para qualquer amante do cinema romântico, mesmo que solteiro.

Veja também:
→ Melhores Filmes Cult para Assistir na Netflix
Youtube Filmes: Melhores Títulos de Ação e Aventura
→ Melhores TVs e Smart TVs de 32”

Confira agora os melhores filmes de romance para assistir na Netflix, abaixo você encontra o título, trailer e a sinopse/breve descrição da história. Então partiu pegar uma pipoquinha e abrir o aplicativo da Netflix, seja na sua TV, seu smartphone, notebook ou tablet e divirta-se com nossas indicações!

Os 19 Melhores Filmes de Romance para Assistir na Netflix

1. Para Todos os Garotos que Já Amei

Saímos de um clássico direto para o queridinho do momento. Para Todos os Garotos que Já Amei é a adaptação cinematográfica do livro To All the Boys I've Loved Before, de Jenny Han. Lançado pela Netflix, sobre a direção de  Susan Johnson, Para Todos os Garotos que Já Amei nos envolve na história da jovem Lara Jean (Lana Condor), que mantém cartas de amor em segredo, mas não são cartas que ela recebeu e sim que escreveu para todas as suas paixões do passado. O caos em sua vida começa quando suas cartas são misteriosamente enviadas aos respectivos meninos dos quais as cartas se tratam, se transformando em algo que ela não consegue controlar.

O ponto alto para leitores e telespectadores encontra-se na protagonista ser de descendência asiática, neste quesito se sobressai aos comuns romances adolescentes americanos vistos nas telas. O carisma da personagem principal, junto a uma fotografia impecável, com cenas encantadoras e um trilha sonora sensacional fazem com que seja inevitável não se deixar levar e envolver com a história.

A narrativa contemporânea apresentada em Para Todos os Garotos que já Amei possui  todos os elementos necessários para se tornar um sucesso entre o público jovem, e ainda agradar àqueles que são fãs das comédias românticas dos anos 1980, a exemplo de Sixteen Candles (Gatinhas e Gatões) de 1984.

2. Ana e Vitória

Um filme de amores, no melhor estilo de comédia romântica, baseado em vidas reais, este filme que está fazendo sucesso na Netflix tem como ponto central o sucesso da dupla Ana e Vitória e claro, suas apaixonantes, cômicas e dramáticas relações amorosas. O que melhor que uma comédia romântica musical, sobre jovens em busca do amor nos tempos da internet, para integrar nossa lista de melhores filmes para assistir na Netflix? E ainda por cima tendo como protagonistas duas jovens talentosas e carismáticas vivenciando altos e baixos e as mais diversas experiências.

O filme Ana e Vitória é sobre o amor livre, nas mais diversas formas e, enquanto vemos Ana em busca de seu amor verdadeiro e Vitória nas nuances de seus relacionamentos casuais, ainda acompanhamos um pouco da trajetória da carreira musical da dupla. E neste último, é onde somos contemplados com uma trilha sonora incrível, incluindo os sucessos da dupla, com arranjos mais que especiais que embalam e encantam a trama.  

Assistir este filme é se presentear com uma história que emociona e inspira, sobre o amor livre em sua mais diversas formas, de maneira leve e divertida nos levam por uma ambientação jovem, que entusiasma e faz refletir. Com uma proposta ousada, Felipe Simas apostou em apresentar uma obra atualíssima  de um jeito genuíno e natural.

3. Simplesmente Acontece

Simplesmente Acontece é um filme que se encontra constantemente em alta na Netflix, lançado em 2014 a história ainda conquista novos fãs com frequência, o longa que faz rir tão bem quanto faz chorar é mais que apenas um romance. A trama de desencontros, amor, amizade e fatos inesperados de Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) proporciona muitos ensinamentos e nos faz refletir sobre as “eventualidades” da vida.

Amigos de infância inseparáveis, Alex e Rose compartilham todas as suas experiências, passando juntos pelos percalços e descobertas da vida amorosa, familiar e escolar. Apesar do palpável sentimento a mais entre eles, ambos mantêm a amizade acima de tudo. Mas as coisas passam a mudar e segredos surgirem, quando por um golpe do destino, Alex vai estudar em Harvard nos Estados Unidos e Rose continua na Inglaterra.

Em meio a acontecimentos, descobertas e surpresas, a amizade vai se transformando em algo muito mais complexo, nos prendendo em uma história cheia de reviravoltas, e sendo capaz de mostrar o poder do amor em todas as suas formas.

4. Hoje eu Quero Voltar Sozinho

Para integrar nossa lista com os melhores filmes de romance, não poderia ficar de fora um filme que fala sobre o primeiro amor, mas no caso de Hoje eu Quero Voltar Sozinho não apenas, já que o filme se aventura por um roteiro mais que preciso, inspirador e apaixonante. Um filme que fala sobre amor, em sua forma mais pura e genuína quando Léo, um adolescente cego que busca por sua independência, tem sua vida completamente mudada com a chegada de Gabriel.

A história começou com um curta metragem, que ganhou premiações e estourou no Youtube, onde conta com milhões de visualizações. Com tanto sucesso, a história de Leonardo e Gabriel então, retorna de forma mais intensa para um longa que manteve e multiplicou o reconhecimento desta trama que é tão fácil de amar. E você pode conferir agora mesmo na Netflix!

Com uma narrativa forte, tratada com delicadeza, o filme Hoje eu Quero voltar sozinho nos apresenta a história de um adolescente cego e gay, características estas que não resumem, e sim complementam a personalidade de um garoto adolescente descobrindo o amor, que tem um forma diferente de ver o mundo, mas não por isso menos importante e bela. Um filme que nos faz entender que amor é amor, não importa como, e tem um poder imenso.

5. Uma Linda Mulher

Duas pessoas de mundos completamente diferentes descobrindo o amor. Partindo deste ponto o filme Uma Linda Mulher conta a história de uma garota de programa (Julia Roberts) que é contratada por um rico empresário (Richard Gere), para ser sua companheira em alguns eventos sociais. Não é spoiler dizer que a relação patrão e empregada acaba se tornando uma das mais lendárias histórias de amor do cinema.

O filme é um clássico, tido por muitos como um conto de fadas regado a ensinamentos, desconstrução de tabus, superação de diferenças e preconceitos, em meio a uma narrativa leve e envolvente, com diálogos muito bem construídos sob a direção de Garry Marshall e roteiro de Jonathan Lawton.

Uma Linda Mulher é uma obra cinematográfica atemporal que não poderia ficar de fora da nossa lista com os melhores filmes de romance da Netflix. Fazendo jus aos melhores traços do gênero, o filme traz um casal de personagens principais cativantes, ótimos momentos cômicos e aquela pitada de  drama, compondo cenas envolventes que conquistam o grande público.

6. A Barraca do Beijo

Elle (Joey King) e Lee (Joel Courtney) nasceram no mesmo dia, na mesma hora, no mesmo instante, mas não da mesma barriga. Apenas suas mães eram grandes amigas e tinham uma ligação bem peculiar. Elle e Lee se tornam grandes e inseparáveis amigos, e para que tudo corra sempre bem na amizade dos dois, eles estabeleceram algumas regras, dentre elas, não podiam se relacionar amorosamente com alguém da família do outro. Até que certos sentimentos levam um dos dois para essa direção.

Apesar dos aspectos clichês das histórias do gênero de filmes teen adolescentes, o filme A Barraca do Beijo não deixa de ser bom por isso e se sai muito bem em fazer rir e envolver o telespectador na trama com traços marcantes da adolescência, em sua forma mais pura, que pode contar com momentos estranhos, constrangedores, equivocados e divertidos.

O diretor e roteirista Vince Marcello de a Barraca do Beijo é feliz em contar uma história de amizade, amor, confiança, erros e acertos através de uma linguagem jovem e construção de relações de uma forma bem atual e divertida. O elenco também ganha pontos, além dos intérpretes dos personagens principais super carismáticos ( Joey King, Jacob Elordi, Joel Courtney), a história conta com a ilustre presença de uma atriz que marcou gerações, Molly Ringwald, a eterna Claire de O Clube dos Cinco.

7. Casa Comigo?

Estrelando Amy Adams no papel da cativante Anna, o filme Casa Comigo? nos traz a seguinte premissa: Anna decide pedir seu namorado Jeremy (Adam Scott) em casamento em Dublin, na Irlanda, no dia 29 de fevereiro, pois de acordo com a tradição irlandesa, nesse dia o homem não pode recusar um pedido de casamento. Na viagem a seu destino, Anna acaba tendo alguns percalços em seu caminho, tendo como única saída pegar carona com o charmoso, mas nada agradável Declan (Matthew Goode), o qual é dono de uma hospedaria. O que ela não esperava era o rumo surpreendente e inesperado que este contratempo iria ter em seus planos.

Casa comigo? é uma deliciosa e cativante comédia romântica, sem muitos rodeios, tem uma trama simples e agradável, que nos envolve e nos leva através do desenrolar dos fatos. O humor é muito bem colocado, tendo ótima tiradas sem ser apelativo. Destaque para os cenários e ambientação encantadores, na linda e tradicional Irlanda.

Para os amantes do gênero de romance - comédia romântica - o filme Casa Comigo? é uma ótima escolha para assistir, sozinho ou acompanhado, o que importa é não deixar de conhecer esta simpática e agradável história, que explora o amor de forma divertida, simples e bonita.

8. Alex Strangelove

Um conto de fadas contemporâneo! O filme Alex Strangelove é uma recente produção original da Netflix, onde a trama nos apresenta Alex Truelove (Daniel Doheny), um adolescente com notas boas, amigos, uma namorada bonita e divertida (Madeline Weinstein). Teoricamente tudo vai bem, Alex acredita ter tudo sobre controle, e para completar, ele decide que está na hora de perder sua virgindade. O que ele não esperava era conhecer o simpático e atraente Elliott (Antonio Marziale), um garoto seguro de si, que não tem medo de falar e viver o que acredita, que vai mexer com os sentimentos de Alex e fazê-lo embarcar em uma jornada de autodescoberta, despertando lembranças e sentimentos que acreditava terem ficado no passado.

Filmes do gênero estão se tornando cada vez mais presentes no cenário cinematográfico, a exemplo, temos os recentes sucessos Me Chame Pelo Seu Nome e Com Amor, Simon, que cada um a seu modo e trama, trazem uma temática importante e um objetivo central bastante necessário. Alex Strangelove conta com personagens complexos, que não são apenas estereótipos, mas sim, cheios de camadas que cativam o grande público, levando a trama através de traços reais e não caricatos.

Alex Strangelove nos leva em uma viagem de descobertas, romance e amizade, ganhando vida através de personagens carismáticos e encantadores, bem como aqueles responsáveis pelas ótimas cenas de alívio cômico. Contando um período na vida de um garoto homossexual, sem pretensão de se tornar um filme de referência LGBTQ, Alex Strangelove abrange o tema de modo dinâmico, trazendo aos romances gays a visibilidade de modo que não foque em momentos árduos de preconceito, mas de forma leve, sem perder a importância, mostrando sempre a que veio.

9. O melhor de mim

Um romance regado de características dignas das obras de Nicholas Sparks, o filme O Melhor de Mim que é baseado no livro de mesmo nome, tem como ponto central um romance marcado por infortúnios. Amanda (Liana Liberato) e Dawson (Luke Bracey) se apaixonam quando adolescentes, mas impedidos de ficarem juntos, acabam se afastando e vivendo suas vidas longe um do outro. Por obra do destino, ou seja lá como queira chamar, 20 anos depois do romance juvenil, o casal acaba se reencontrando, por estarem de volta à cidade natal para um funeral, e terão que lidar com os sentimentos que persistem em vir à tona.

Com uma história de tirar o fôlego, o filme O Melhor de Mim emociona, ao que é marcado por trunfos das histórias de Sparks, como o drama e angústias de um amor proibido. Com cenários encantadores e ambientação de encher os olhos - dependendo da cena, seus olhos podem ficar cheios de lágrimas também.

O filme foi lançado em 2014, e caso você ainda não tenha assistido vale muito a pena dar uma chance para esta linda história, bem como assistir de novo e novo. Uma narrativa bem construída que cruza passado e presente, culminando em um desfecho surpreendente.

10. 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você

Bianca (Larisa Oleynik) quer namorar, mas nas regras de seu pai  (Larry Miller), isso só pode acontecer se sua irmã mais velha Kat (Julia Stiles) também namorar, mas Kat definitivamente não planeja arranjar um namorado. A solução que Bianca arruma com a ajuda de seu pretendente? Contratar o bad boy da escola Patrick (Heath Ledger) para conquistar sua irmã.

Apesar do plano torto de Bianca, a relação de Kat e Patrick vai tomando grandes proporções, em meio a brigas e desentendimentos, sentimentos reais começam a surgir, resultando em uma comédia romântica, protagonizado por um casal que encanta. Onde temos um Heath Ledger totalmente apaixonante, dando início a uma carreira que viria a ser consagrada por dar vida a personagens amados pelo grande público - como o Coringa de Batman o Cavaleiro das Trevas.

Vale destacar que o filme 10 Coisas que eu Odeio em Você é uma história baseada em uma peça de Shakespeare, mais especificamente em A Megera Domada. O filme não se atrela totalmente a história de William Shakespeare, é mais como uma homenagem à obra. Sob a direção de Gil Junger, o filme conquistou uma legião de fãs, que decorrem do fim da década de 90 até os dias atuais.

11. Cartas para Julieta

Em Cartas para Julieta temos a encantadora Amanda Seyfried dando vida a Sophie, uma jovem apaixonada pela escrita e suas vertentes, no ponto de partida da trama Sophie vai passar férias com seu noivo (Gael García Bernal) em Verona, na Itália, como uma pré lua de mel. Onde desapontada com seu então noivo e a nada atmosfera romântica da viagem, resolve  se juntar a um grupo de voluntárias que trabalham respondendo as cartas de amor endereçadas a Casa de Julieta - ponto turístico da cidade.

Lá ela se depara com uma carta da década de 50, escrita por uma inglesa de nome Claire (Vanessa Redgrave) que havia se apaixonado por um italiano quando ainda jovem, mas não viveu este amor. Ela responde a carta, e em meio a acontecimentos, Sophie, Claire - que atualmente é uma senhora - e seu neto Charlie (Christopher Egan) embarcam em uma aventura em busca de Lorenzo Bartolini, dentre uma infinidade de senhores com nome Lorenzo na região, para encontrar o que um dia foi o grande amor de Claire.

Um filme que surpreende na fotografia, mostrando o melhor da cidade que fora imortalizada por Shakespeare em Romeu e Julieta, com paisagens e cenários que deslumbram. Cartas para Julieta é um filme perfeito para quem gosta do gênero de romance em sua forma mais pura, com uma beleza cativante que se estende dos personagens à ambientação.

12. A última Música

Hollywood não mede esforços para dar vida cinematográfica nas histórias dos livros de Nicholas Sparks, a exemplo temos Querido John, Noites de Tormenta, Diário de uma Paixão e Um Amor Para Recordar. Bem como A Última Música, um drama romântico, típico das escritas de Sparks, com muitas lições sobre o amor, família e segundas chances. O filme traz Miley Cyrus no papel da rebelde adolescente Ronnie Miller que, contra a sua vontade, vai passar o verão na casa de seu pai Steve Miller (Greg Kinnear), em uma cidade praiana no sul dos Estados Unidos.

Em meio a desavenças e mágoas, a única conexão entre pai e filha é a música - ambos são incríveis pianistas. Através de uma jornada de transformação de tudo o que a personagem principal acreditava, ela ainda irá conhecer o encantador Will (Liam Hemsworth), o qual consegue adentrar as barreiras de seu coração e juntos vivem o sonho de um romance de verão, mas não por isso menos conturbado -  Nicholas Sparks que o diga.

Assistir filme A Última Música, é presenciar o talento e time preciso da direção de Julie Anne Robinson, que nos presenteia com lindas e emocionantes cenas, acompanhada de uma trilha sonora que faz lágrimas escaparem por nossos olhos. O filme ainda nos proporciona a linda canção When I Look At You, que na voz da potente voz de Miley Cyrus chega causar arrepios e abalar os corações mais sensíveis, por vezes, os mais durões também.

13. The Duff

Ao concluir que é uma DUFF (Designated Ugly Fat Friend), Bianca decide que não quer este título e pede ajuda para seu amigo atleta popular da escola para melhorar seu visual e não ser vista apenas como a amiga desajeitada e feia das  “populares”. The Duff é uma comédia romântica no estilo bem High School americano, com uma proposta um tanto quanto inusitada, que tira boas gargalhadas do telespectador, sem deixar de lado o ar romântico jovem.

O filme está disponível para assistir na plataforma de streaming da Netflix, onde compartilha lugar do “em alta” da plataforma. E não por menos já que o filme acerta em cheio em ser uma comédia romântica das melhores. Apesar de seguir certo padrão de filmes adolescentes do gênero, The Duff foge de estereótipos e acerta em uma história romântica surpreendente.

Se você curte filmes de romances e comédias originais, o filme The Duff proporciona um ótimo entretenimento em ambos. Mas do que uma comédia romântica, o filme toma proporções muito maiores, tratando temas como auto aceitação e poder feminino, onde o que poderia virar a ser maquiagem, salto alto e poder de sedução, toma um rumo completamente diferente e muito mais consistente e interessante.

14. Foi Apenas um Sonho

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet protagonizaram e eternizaram uma das maiores e mais conhecidas histórias de amor do cinema, no filme Titanic, nos papéis de Jack e Rose. No longa Foi Apenas um Sonho, os dois estão de volta,  esbanjando química em contracenarem juntos estrelando um casal novamente - Frank e April - que tem tudo para ser perfeito, mas ao mesmo tempo, não estão realizados com a vida que levam e decidem deixar o vazio da então vida “perfeita” material e irem atrás da verdadeira realização.

A trama nos imerge em um emaranhado de reflexões sobre a coragem de ousar, mesmo que isto custe trocar o certo pelo duvidoso. Ainda que a dúvida de uma aventura valha mais a pena que a certeza de uma eterna infelicidade só para estar de acordo com padrões da sociedade. Será? Bem o filme joga os fatos, você os interpreta!

O diretor Sam Mendes nos leva por uma trama não linear do drama de um casal da década de 50, não espere um novo Titanic, mas saiba que o filme Foi Apenas Um Sonho se sai muito bem dentro da proposta que oferece, com fotografia, cenários e roupagem impecáveis. E ainda é válido dizer o óbvio, a real  e sublime atuação de Leonardo DiCaprio e Kate Winslet que convence, envolve e apaixona o telespectador.

15. Um Dia

Sob a direção de  Lone Scherfig, o filme Um Dia é inspirado no romance homônimo de David Nicholls - também roteirista do longa. A trama central nos leva a conhecer a história de Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgess) que se conhecem as vésperas da formatura de faculdade, e cientes de que teriam que seguir caminhos opostos após a formatura, vivem um dia inesquecível juntos. Depois do rápido e inesquecível romance, eles seguem seus caminhos, ambos sem esquecer o que sentem um pelo outro.

O filme Um Dia segue uma linha do tempo no decorrer de 20 anos, Emma enfrenta dificuldades para tentar alavancar sua carreira, enquanto Dexter, ao que parece está se saindo muito bem na vida profissional, tanto quanto com as mulheres. A narrativa se forma em flashbacks do relacionamento dos dois, um por ano, sempre no dia 15 de Julho - o dia em que se encontraram pela primeira vez em 1988 - Em meio a desentendimentos, brigas, sorrisos e lágrimas, Dexter e Emma vão levando a “amizade”, mas em certo ponto eles terão que decidir e dar um rumo para seus sentimentos.

Com a doce Anne Hathaway e o charmoso Jim Sturgess dando vida ao casal, não tem como não se deixar envolver por este romance que o filme Um Dia nos proporciona. Colocando o telespectador frente a uma trama surpreendente, dando desfechos inimagináveis a uma história de amor, de amizade e que nos faz pensar na importância e tamanha relevância que certas pessoas tem em nossa vida, mesmo que não estivesse em nossos planos, às vezes só acontece!

16. Holding the Man

Baseado no best-seller autobiográfico de Timothy Conigrave, o filme Holding the Man nos leva a conhecer uma história comovente que envolve Tim e John, um casal que se apaixonou ainda na adolescência. O primeiro um artista, na escola um aspirante a ator ao que o vemos na peça Romeu e Julieta, o segundo corre pelo campo jogando futebol americano. Na escola Tim e John dão início a um romance que perpetuou por 15 anos, em meio a bons e maus momentos, ótimos e horríveis vale acrescentar, tudo se intensifica por estarmos ciente de que a história tem fundo real e não é apenas uma ficção.

A história do filme Holding The Man tem início nos anos 70 na Austrália, em uma linha do tempo que decorre até meados dos anos 90, onde presenciamos os mais diversos acontecimentos na vida do casal. A narrativa, assim como deixa claro o cartaz do filme, é "uma história de amor para todos", onde àquele em frente a tela é envolvido na história de amor de John e Tim, que inacreditavelmente resiste ao preconceito e muitas outras adversidades e crises - que é melhor não fazer comentários, pois cada mínimo detalhe é algo surpreendente e carrega muito da história.

Enfim, um filme que vale muito a pena ser assistido, que vai te envolver dos primeiros minutos até os finais, proporcionando sorrisos, mas infelizmente, lágrimas também. Holding The Man é uma história sobre a força do amor para resistir às circunstâncias, mesmo quando em uma época regada a preconceito e intolerância social. O diretor Neil Armfield foi perspicaz nas montagens das cenas e no formato que nos apresenta a trama, mas o destaque mesmo fica para os protagonistas Ryan Corr e Craig Stott que nos proporcionam cenas muito bem expressivas e naturais.

17. Perfeita para Você

Para derrubar algumas lágrimas assistindo, incluímos à lista de melhores filmes românticos da Netflix o filme Irreplaceable You, que chega no catálogo brasileiro com o título Perfeita para Você, se encaixa no que podemos chamar de drama romântico. Na sinopse encontramos a seguinte descrição: Abbie (Gugu Mbatha-Raw) e Sam (Michiel Huisman) que são amigos de infância, acreditam serem almas gêmeas, destinadas a ficarem juntas para sempre. Mas, quando ela recebe a notícia que tem câncer terminal, tudo muda.

A partir desta premissa podemos acreditar que sabemos o que esperar do filme, só que não. Pois após considerar alguns fatores, Abbie decide que precisa começar a procurar por um novo amor para Sam, e partir deste ponto passamos a acompanhá-la na busca da mulher perfeita para ele, e ainda na sua rotina diária com a doença, remédios, tratamentos, grupos de apoio, etc.

O filme Perfeita para você possui conversas marcantes, que nos fazem derrubar algumas lágrimas diante da situação que, já se faz entendível nos primeiros minutos do longa. Seguindo o padrão do gênero, o filme se desenvolve através de uma linha da qual já esperamos, mas dentro disso nada é como achamos que seria, muito menos que esperamos. Prepare os lencinhos, dê play no filme Perfeita para Você e se prepare para presenciar uma linda história de amor.

18. Be Somebody: Simples como o Amor

Para fechar nossa lista com os Melhores Filmes de Romance da Netflix, trouxemos um filme mais inocente, com uma premissa mais simples, mas inteligente e perspicaz. Simples Como o Amor vai nos apresentar Jordan Jaye, o garoto que é uma estrela do pop em frente às câmeras, mas por trás delas, nada além de um garoto normal que gosta de jogar vídeo game e andar de skate. Ao fugir de algumas fãs ensandecidas, Jordan consegue escapar com a ajuda de Emily Lowe, uma estudante de arte em uma pequena e pacata cidade americana.

Os dois não tem nada em comum - pelo menos é o que eles achavam. Mas um primeiro passo de empatia e confiança, leva os dois a uma aventura que envolve amizade, primeiro amor e autodescoberta. O desenvolvimento e o caminho que o filme toma são super inteligentes, mesmo através de uma premissa simples, a narrativa conta com ótimos diálogos, pensamentos instigantes dos protagonistas e ações que nos levam a refletir, sobre o ter, ser, sonhar, e que fama, dinheiro e sucesso, nem sempre preenchem o vazio de uma vida.

A história é sobre um amor puro e inocente, que cativa, em sua maioria, o público adolescente. A premissa nos faz lembrar de outro filme adolescente que fez bastante sucesso, StarsTruck: meu namorado é uma superestrela, one um astro da música conhece uma garota que por incrível que pareça não é sua fã e acabam vivendo uma linda história. Mas em Be Somebody: Simples como o Amor, temos um romance mais de cumplicidade, somos levados em meio a vida cotidiana de Emily, que acaba se tornando um porto seguro a  Jordan.

19. Quando nos Conhecemos

Mais uma comédia romântica para integrar nossa lista de melhores filmes românticos da Netflix. Quando nos Conhecemos é um ótimo entretenimento para quem curte o gênero e não se importa com fórmulas prontas, que apesar de não fugir do óbvio, traz uma proposta super interessante, que faz rir e nos envolve em uma história de amor não correspondido, ou quase isso.

O filme quando nos conhecemos gira em torno de uma cabine fotográfica que é na verdade uma máquina no tempo, e o personagem principal Noah voltando no tempo para tentar conquistar o coração  de Avery, que só o vê como um amigo.

Está uma obra original Netflix, ótima opção de filme para passar o tempo, sem grandes ensinamentos, nem assuntos profundos, ideal para quem está a procura de um bom filme de romance para assistir no fim de semana. E de quebra, ainda traz boas lições como o de que existe um destino para todos nós e ele não pode ser mudado, e que talvez tudo acontece por algum motivo.

Comentários