Novo Meizu PRO 5: Soberania chinesa promete conquistar o mercado

Imagem do autor Leonardo Pisetta
Leonardo Pisetta
Especialista em tecnologia da Cissa Magazine
24/09/2015 3.762 visualizações comentarios

Esqueça os novos lançamentos como o Galaxy S6, LG G4 e entre outros, pois a Meizu anunciou o sucessor do MX5, até então Flagship da marca. O novo smartphone, Meizu Pro 5, foi o resultado de uma minuciosa combinação das mais aclamadas tecnologias disponíveis em um único aparelho, deixando seus concorrentes com dor de cabeça.

Meizu PRO 5: Um smartphone de tirar o fôlego

Meizu PRO 5

Arrojado, moderno, futurístico, sofisticado. É difícil encontrar um adjetivo que descreva tão bem o Pro 5. O smartphone que parece ter saído de um filme de ficção, e conta com características e especificações técnicas que vão chamar a atenção dos entusiastas e amantes da tecnologia. Logo de cara o produto impressiona devido a seu desempenho, sendo o primeiro aparelho não fabricado pela Samsung  com o processador Exynos 7420 Octa Core (quatro Cortex-A57 de 2,1 GHz e quatro A53 de 1,5 GHz) combinado com 3GB de memória RAM.

Processador Exynos 7420 Octa Core

E se você pensou que era somente isso que o aparelho poderia oferecer em termos de desempenho, estava enganado. A empresa promete uma versão contendo memória RAM de 4GB e um super espaço de armazenamento de 64GB. Um smartphone poderoso para executar qualquer aplicativo. Com hardware de ponta, design com acabamentos metálicos e vidro suavemente curvo nas bordas, o seu visual é uma das características que vai deixar você apaixonado logo à primeira vista. Com tela de 5.7” e resolução Full HD, o poderoso smartphone da Meizu assemelha-se a um phablet, e está equipado com uma GPU (placa de vídeo) Mali T760 (muito utilizada em produtos da Samsung).

Uma nova carta na manga da fabricante: A conexão USB 3.0, o mais recente do padrão USB. Graças a ele, a Meizu garante que cerca de 65% da bateria de 3050 mAh pode ser carregada dentro de 30 minutos, para que os entusiastas possam aproveitar cada segundo com um aparelho top de linha na palma da sua mão.

Bateria Meizu PRO 5

Além de chamar a atenção com as características físicas do aparelho, a empresa pretende utilizá-lo como plataforma para o lançamento de uma nova versão do sistema operacional com interface própria da Meizu, que promete melhor significativamente o desempenho do produto. Com uma interface modificada do Android Lollipop, o sistema operacional é o Flyme 4.5. A Meizu promete ainda uma versão 5.0 em meados de novembro, com melhor desempenho nos aplicativos, tendo um carregamento mais rápido e melhor navegabilidade. Além disso, os ícones dos aplicativos são um pouco maiores do que os de costume e bem desenhados.

Os sons e imagens do produto reduzem o tamanho de sala de cinema para a palma da sua mão, com toda a mobilidade que um smartphone pode oferecer. A câmera principal impõe respeito nos seus concorrentes: nada menos que 21 Megapixels e foco automático de aproximadamente 0.17 segundos, tornando possível registrar momentos únicos de forma rápida e com inigualável resolução. E mais, com a câmera é possível gravar vídeos com resolução 4K e mantê-los armazenados em uma memória de 32GB. Em parceria com a imagem, está um sistema de áudio profissional, combinando tecnologias que emitem um som natural e realista.

Meizu PRO 5

Especificações: Meizu PRO 5

  • Resolução de 1920 x 1080 Full HD com tela AMOLED 5,7”;
  • Câmera de 21 MP, com câmera secundária de 5MP;
  • Gravação em 4K a 30 ou 120 fps, e som Hi-Fi ES9018;
  • Processador Exynos 7420 Octa Core e 3GB de memória RAM;
  • Conectividade: 4G, Bluetooth 4.1, WiFi 802.11 ac/b/g/n e Micro USB 3.0 Type-C;
  • Memória interna de 32GB;
  • Bateria de 3050 mAh;
  • Dimensões (l, a, e): 7.8 cm x 15.67 cm x 0.75 cm;
  • Peso de 168g.

A empresa não deixou claro em valores quanto o aparelho custará, mas deixou uma possível data de lançamento para meados do mês de outubro nas versões preto com prata, banco com prata, cinza, preto e dourado, mas infelizmente no Brasil ele deve demorar um pouquinho mais para chegar. O jeito é agora é esperar.

Fonte: Meizu

Comentários