Saiba tudo sobre a internet 5G

Imagem do autor Carla Valle
Carla Valle
Especialista em tecnologia da Cissa Magazine
25/06/2015 2.054 visualizações comentarios

Os avanços tecnológicos competem um crescimento que por muitas vezes se torna insuficiente para atender a demanda global. Podemos dizer que quanto maior o número de inovações tecnológicas, maiores serão também as necessidades dos consumidores que as utilizarem. E é por estes e outros motivos que uma de nossas principais tecnologias, a internet, está em constante renovação.

Veja, por exemplo, a rede de terceira geração (3G), uma revolução no mundo tecnológico que perdura por mais de 10 anos. Esta rede ainda é predominante na maior parte do globo, mas vem perdendo espaço de forma considerável para a rede de quarta geração (4G). Obviamente por se tratar de uma rede não predominante, a quarta geração ainda não detém um alcance satisfatório para todos os usuários, mas de qualquer modo, ela promete melhorar de forma significativa sua conexão com a internet e muito provavelmente será a próxima a rede de uso generalizado.

Como funcionará a rede de quinta geração (5G)?

Bom, se é fato que a internet 4G não possui predominância em relação a sua antecessora, porque estamos trabalhando em um novo padrão que possivelmente não chegará nem próximo a muitos usuários por um longo tempo? Certamente, há muitas respostas envolvendo esta questão, e uma delas que poderia ser citada como o principal fator, se daria pelo fato do Brasil e alguns outros países, operaram com uma frequência muito diferente da disponível no Japão ou Estados Unidos por exemplo.

Smartphone 5G

Ao que tudo indica, outro ponto que impediria a utilização imediata da rede por certos países, se daria pelo fato de que a quinta geração (5G) trará algumas “revoluções” tecnológicas para o mundo que conhecemos hoje, e por isso, não poderíamos afirmar se haverá uma tecnologia suficientemente capacitada para receber uma rede deste porte. Mas é claro, isto são somente suposições, pois, as inovações que ocorrem no Brasil e em outros países subdesenvolvidos ainda podem nos surpreender significativamente. O jeito é esperar e torcer.

Algumas revoluções prometidas com a chegada da rede 5G

A rede 5G será disponibilizada oficialmente por meados de 2020, mas algumas de suas inovações já foram definidas pelos pesquisadores. Veja algumas delas:

  • Capacidade de até 1 milhão de conexões por KM²;
  • Apenas 1 milésimo de segundo para reações a comandos;
  • Download de filme em HD de até 8 Gigabytes em apenas 6 segundos.

Um ótimo exemplo de utilização da rede 5G são os carros. Para receber um comando de freio conectado a uma rede 4G este carro demoraria aproximadamente 1,4 metros até entender o comando. Já conectado a uma rede 5G, responderia ao comando em apenas 2,8 centímetros de distância. E isto acontece em uma velocidade de aproximadamente 100 km/h. Aí podemos ver a grande diferença e inovação que esta rede nos disponibilizará.

Claro que muitas destas “possibilidades” ainda estão em fase de testes e só saberemos com exatidão quando ela for oficialmente lançada no mercado.  

Redes atuais x Rede 5G

Confira a seguir uma breve lista de dados comparando as redes que utilizamos atualmente e o futuro que nos aguarda com a rede de quinta geração (5G).

Rede 3G

  • Ano: 1998;
  • Velocidade: 2 Mbps;
  • Tempo de resposta: 100 Milissegundos;
  • Capacidade: Centenas de conexões por KM²;
  • Download de filme HD de 8GB: cerca de 70 minutos.

Rede 4G

  • Ano: 2008;
  • Velocidade: 150 Mbps;
  • Tempo de resposta: 50 Milissegundos;
  • Capacidade: Milhares de conexões por KM²;
  • Download de filme HD de 8GB: cerca de 7 minutos.

Rede 5G

  • Ano: 2020;
  • Velocidade: 1 Gbps;
  • Tempo de resposta: 1 Milissegundos;
  • Capacidade: Um milhão de conexões por KM²;
  • Download de filme HD de 8GB: cerca de 6 segundos.


Comparação das Redes Móveis 5G

 Quando poderemos utilizar a rede 5G?

A primeira utilização ou “experimentação” da rede para o público deverá ocorrer no ano de 2018 nas olimpíadas de inverno de Pyeongchang, na Coreia do Sul. Mas conforme dito anteriormente, a liberação oficial da 5G para utilização está prevista para 2020 e somente para alguns países desenvolvidos.

Os únicos teste já realizados com a rede aconteceram em laboratório e segundo os pesquisadores que o fizeram, a 5G teria chegado a um potencial de resposta de até 1 Tbps (1 Terabit por segundo). Comparada à rede 4G seria uma velocidade 65 mil vezes mais rápida. Como um exemplo prático, poderíamos dizer que durante o teste, a rede seria capaz de executar um download de até 100 filmes em uma média de 3 a 4 segundos. Uma velocidade realmente incrível se comparada as suas antecessoras.  

Talvez esta rede seja um novo passo para utilização dos mecanismos cirúrgicos, automobilísticos e tecnológicos que conhecemos hoje em dia. Esperamos que ela realmente seja um avanço significativo e que traga total facilidade e potencial construtivo para o mundo. Mas até lá, o máximo que poderemos fazer é aguardar e acompanhar de longe a utilização desta rede e as incríveis capacidades e melhorias que ela trará para ciência e para a tecnologia.

Comentários